CMDCA realiza VII Conferência da Criança e do Adolescente em Francinópolis

Postada em 16/03/2023

O Conselho dos Direitos da Criança e do Adolescente de Francinópolis em conjunto com a Prefeitura Municipal por intermédio da Secretaria Municipal de Assistência Social realizou a VII Conferência Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente.

 

Foram dois dias de encontro, encerrando nesta quinta-feira (16), com palestra abordando a temática deste ano, apresentação e debates dos eixos, bem como a escolha dos delegados que irão participar da Conferência Estadual.

 

A conferência trouxe uma reflexão importante sobre a situação dos direitos humanos de crianças e adolescentes em tempos de pandemia de Covid-19, bem como as violações e vulnerabilidade que se intensificaram nesse período, além das ações necessárias para reparação e garantia de políticas de proteção integral, com respeito à diversidade desse público.

 

A secretária de Assistência Social, Socorro Bandeira, fala do compromisso da gestão com a realização da conferência. “A nossa conferência é um reafirmamento dos serviços que já prestamos, mas sempre a gente na busca de melhorar o nosso serviço e hoje nós retornamos aqui para fazer esse reafirmamento com as nossas crianças e adolescentes”, comenta a secretária.

 

A assistente social palestrante magna do evento, Gracilia de Carvalho, destacou a relação de cooperação existente entre as pastas do município. “Eu pude perceber durante todo o trabalho da conferência, a gente tem as várias pastas trabalhando de forma integrada, a gente percebe que tem um entrosamento que contribuí para essas políticas se complementando para que possa atingir esses objetivos na área da saúde, da educação, da assistência”, ressalta.

 

 A palestrante ainda elogia a participação ativa do prefeito na conferência. “Também pude perceber aqui a participação intensa do prefeito, conhecendo o que se dá no dia a dia dessas políticas, apontando e diagnosticando os problemas que mais precisam ser enfrentados, eu achei isso muito importante”, afirma Gracilia de Carvalho.

 

A presidente do CMDCA, Regiane Morais, frisou a necessidade dos pais estarem mais ativos no desenvolvimento e educação dos filhos. “Quem faz com que a criança seja uma criança responsável, um adulto responsável é a junção da escola, da educação, da saúde com a família, sem a participação da família em todos os momentos é impossível e inviável que as coisas ocorram”, frisa Regiane.

 

A presidente também aponta a necessidade de maior compromisso do governo federal no repasse das verbas da Assistência Social. 

 

“Um recurso federal que é para dar assistência a crianças e adolescentes dos municípios como um todo, não estou falando só de Francinópolis ou do Piauí, é do Brasil todo, recurso que demora seis meses para cair na conta”, conta a presidente do CMDCA que reconhece a dedicação da gestão municipal que mesmo assim mantém as ações que beneficiam crianças e adolescentes assistidos.

 

O prefeito Paulo César falou da importância do evento. “A Conferência é o espaço propício para discutir as políticas públicas a serem implementadas no município”, frisa o prefeito, lembrando que a conferência é para ouvir o poder público, a comunidade e a sociedade organizada para construir políticas para crianças e adolescentes.

 

O prefeito ainda ressalta a dificuldade do município na execução as ações por conta da falta de recurso, haja visto que entre os três poderes federativos os municípios são os que menos recebem verbas.



Compartilhar no WhatsApp

Fotos

De 0 a 10, quanto você avalia nosso site?